Na Ucrânia Logan e Sandero também são vendidos como carros Renault e não como Dacia, sua marca original. A nova geração dos dois compactos acaba de ser lançada por lá e adianta como será o design das unidades que sairão das instalações da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná a partir de outubro, no caso do Logan, e de meados de 2014 no caso do Sandero, conforme avançam “nossos amigos”.

Onde são vendidos como Renault, Sandero e Logan seguirão o novo Renault Symbol turco, que deixou de ser um Clio Sedan para ser um Logan com uma nova frente. A diferença em relação aos romenos da Dacia ficam por conta da dianteira modificada, o que se traduz em novo para-choque, novos faróis, nova grade e até novo capô, sendo este adaptado para o losango símbolo da Renault. Até o Sandero Stepway entra no jogo. Estas questões de identidade não afetaram nenhuma traseira, nem do Logan nem do Sandero.

Na semana passada publicamos que nossos amigos ainda não tinham visto nenhuma unidade do novo Sandero ser montada no Paraná, o que abria dúvidas quanto a alterações no design que ele poderia vir a ter. Mas, eles nos atualizaram e disseram que a frente será  a mesma do Logan (Symbol) e agora o modelo Ucraniano confirma a informação. Afinal, fica mais difícil a Renault brasileira surtar e ignorar os preceitos da economia em escala que há anos norteiam todos os projetos baseados na plataforma B0.

Fonte | Fotos | Renault Ukraine/Divulgação