Mesmo para-choque para todas as versões melhorará ângulo de ataque do Renegade 2019 Flex

Renegade 2019Na linha atual do Jeep Renegade as versões Flex e Diesel tem para-choques com ângulos de ataque diferenciados. Porém, o Renegade 2019 terá padronização do para-choque que deixará as versões Flex com melhor ângulo de ataque e também reduzirá custos na produção peças com desenho único.

Renegade 2019Estreia

Como o Autos Segredos antecipou em 10 de agosto, o Jeep Renegade 2019 será lançado em outubro e as vendas devem começar em novembro.

Renegade 2019Visual europeu?

Na Europa, com exceção da versão Trailhawk as demais versões tem o para-choque mais encorpado e com as luzes diurnas instaladas nas extremidades. Já os faróis auxiliares ficam alojados mais ao centro. A opção Trailhawk tem a parte inferior do para-choque diferente. Os faróis auxiliares estão instalados nas extremidades e as luzes diurnas são menores ficando posicionadas pouco abaixo dos faróis principais. E será exatamente esse o visual do Jeep Renegade 2019 nacional.

O que muda?

O que mudam são faróis mais simples e apliques nos para-choques, dependendo da versão. A grade frontal será mais estreita. Logo abaixo, a entrada de ar ficará levemente maior. Os faróis manterão o formato redondo ganhando novos elementos internos.

Na traseira, a mudança mais perceptível é a nova maçaneta de abertura da tampa do porta-malas.

Interior

No interior, o Jeep Renegade 2019 ganhou novo console central e novos porta-objetos. Para os passageiros do banco traseiro há um nova posição de porta USB. Mas, a principal novidade no interior do SUV é nova central multimídia Uconnect que estará disponível com telas de 5, 7 e 8,4 polegadas. Sensíveis ao toque, todas elas tem sistemas Google Android Auto e Apple Car Play. O sistema conta ainda com GPS, câmera de ré, Bluetooth e a função Jeep Skills. Um aplicativo para uso no off-road que informa detalhes da condução.

Motores

O Jeep Renegade 2019 manterá os mesmos motores 1.8 flex e 2.0 diesel atuais. O propulsor 1.8 E.torQ Flex rende 135 cv de potência com gasolina a 5.750 rpm e 18,8 kgfm de torque a 3.750 rpm. Com etanol, os números sobem para 139 cv a 5.750 rpm e 19,3kgfm a 3.750 rpm. Nesta opção o SUV, conta com o câmbio manual de cinco velocidades e o automático de seis posições.

Siga nossas redes sociais

  • Acompanhe o Autos Segredos no Instagram
  • Curta nossa fanpage no Facebook
  • Confira o canal do Autos Segredos no YouTube

Já o propulsor 2.0 Diesel rende potência de 170 cv a 3.750 rpm, 35,7 kgfm de torque máximo a 1.750 rpm. No caso do motor diesel, o câmbio é sempre o automático de nove velocidades.