O Chevrolet Cruze não tem três anos de mercado brasileiro, mas em outros mercados faz sucesso desde 2009. Já era hora de ganhar uma segunda geração, e aqui está ela. O sedã foi flagrado sem qualquer camuflagem no estacionamento da fábrica da joint-venture Shanghai-GM em Xangai, na China. A apresentação oficial do modelo está prevista para o Salão de Pequim, que abre suas portas no próximo dia 20 de abril.

Adeus grade dividida. A tendência percebida desde o lançamento do novo Chevrolet Impala, que fez a gravata dourada ser deslocada para o centro da grade. Funcional, só mesmo a grande entrada de ar baixo. Os faróis, muito parecidos com os do Kia Cerato e um pouco a ver com os do Renault Fluence, dão um toque asiático ao modelo. Destaque também para as luzes diurnas de LEDs em cima dos faróis de neblina.

Na traseira o corte mais angular das lanternas dão um toque de personalidade ao Cruze. Os chineses do CarNewsChina ainda conseguiram fotografar o painel, com console central que remete aos carros da Buick, mas o quadro de instrumentos com iluminação azulada é característica dos Chevrolet. A quantidade de cromados e as partes em caramelo podem ser exigências do mercado Chinês.

Na China, o Chevrolet Cruze 2015 será vendido com motores um pouco diferentes dos usados no ocidente, como os 1.5 114 cavalos e 14,89 kgfm de toque e o 1.4 turbo de 150 cv e 23,96 kgfm. O câmbio pode ser manual de seis velocidade ou automático de sete velocidades. Os dois motores pertencem à última geração de motores Ecotec, algo que combina com sua plataforma, a nova Delta 2XX, uma evolução da atual e que será estreada dentro da General Motors pelo Cruze.

Boas notícias para o Brasil?

O Chevrolet Cruze começou a ser montado no Brasil em 2011 com boa parte das peças importadas da Coreia e, posteriormente, nacionalizadas. Porém, esta nova geração ele ganhará as linhas de produção argentinas, em Rosário, como . A decisão foi tomada devido a fábrica de São Caetano do Sul (SP) já operar em seu limite desde 2011, quando sua capacidade foi ampliada de 200 mil para 250 mil unidades/ ano com a implementação do terceiro turno de produção. O modelo deve estrear por aqui entre o fim de 2015 e começo de 2016.

Enquanto isso,  o .

Fotos | CarNewsChina/Reprodução