Fábrica da Mercedes-Benz em Minas Gerais será a responsável por produção de cabines
Mercedes-Benz Juiz de Fora
Foto | Mercedes-Benz/Divulgação

Depois de muita especulação em torno do fechamento da fábrica da Mercedes-Benz, em Juiz de Fora (MG), a reportagem do Autos Segredos apurou com exclusividade que a unidade ficará responsável pela produção de todas as cabines de caminhões. A unidade inclusive fabricará as cabines da nova linha de caminhões MP4 composta pelos modelos Actros, Antos e Arocs.

Cabines

A planta mineira produzirá todas as cabines dos caminhões das linhas Accelo, Atego, Atron, Axor e Actros. A marca alemã também fabricará, em Juiz de Fora (MG), as cabines da nova linha de caminhões MP4.

Aliás, nossa reportagem também apurou que a antiga geração do Actros (MP3) seguirá em produção mesmo com a chegada da nova linha Actros (MP4).

Veja mais:
Mercedes-Benz Actros será lançado na Fenatran 2019.

Desde 2012, a unidade mineira montava os caminhões Accelo e Actros. Agora, com a mudança de atividades, a fábrica de Juiz de Fora (MG), será a responsável pela estampagem, soldagem e pintura de todas as cabines.

A fábrica de São Bernardo do Campo (SP) receberá as cabines prontas e pintadas para que elas tenham sua montagem finalizada com o restante das peças. A unidade do ABC paulista montará todas as linhas de caminhões da Mercedes-Benz e os chassis de suas linhas de ônibus.

Mercedes-Benz Juiz de Fora
Foto | Mercedes-Benz/Divulgação

Funcionários

Atualmente, a fábrica mineira da Mercedes-Benz emprega 1.130 funcionários.

Histórico da fábrica mineira

A fábrica mineira da Mercedes-Benz, em Juiz de Fora (MG), foi inaugurada, em 1999, para produzir a primeira geração do Classe. A planta foi a primeira na história da marca alemã a produzir carros de passeio fora da Alemanha. O Classe A nacional teve 63 mil exemplares vendidos até ter sua produção encerrada, em 2005.

Com o fim de produção do Classe A, a marca alemã passou a montar o seda Classe C em regime de CKD.

Mercedes-Benz CLC
Foto | Mercedes-Benz/Divulgação – Mercedes-Benz CLC foi produzido de janeiro de 2008 a dezembro de 2010, em JF/MG

Já em janeiro de 2008, a Mercedes-Benz começou a produzir o Mercedes-Benz CLC que ficou em linha até dezembro de 2010. O modelo chegou a ser comercializado no Brasil, em 2009.

Com o fim de produção do CLC, a marca mudou as operações da unidade para a produção de caminhões. Em maio de 2012, a fábrica começou a produzir os caminhões Accelo e Actros.

Siga nossas redes sociais

  • Acompanhe o Autos Segredos no Instagram
  • Curta nossa fanpage no Facebook
  • Confira o canal do Autos Segredos no YouTube