A Mazda demonstra a disciplina característica dos japoneses para recomeçar suas operações no Brasil. Quando o governo aumentou o IPI para importados ela logo anunciou a suspensão de seus planos para o Brasil devido às novas regras de IPI para importados. Naquela ocasião o presidente mundial da Mazda, Takashi Yamanouchi, disse que a solução para a marca vender seus modelos no país sem o imposto seria uma fábrica local. E é isso que ela fará a partir de 2014 terceirizando a produção.

Segundo o jornal japonês Nikkei, a montadora japonesa teria concluido que os automóveis produzidos no México não teriam um preço competitivo no Brasil. Agora ela negocia com uma empresa brasileira para terceirizar a produção de mais de 70 mil unidades em uma fábrica localizada em São Paulo. Ela pretende produzir compactos na unidade – Mazda2 ?

A fábrica que a Mazda está construindo no México deverá ter capacidade inicial de produção de 140 mil unidades por ano, entre os Mazda2 e Mazda3, que seriam exportados para o Brasil. Também estava previsto que o regresso da Mazda ao Brasil – onde esteve presente de 1992 a 1998 – ocorrreria este ano, com a importação de modelos fabricados no Japão, o que não ocorrerá novamente por causa do IPI.

Fonte |

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter