Nesta semana escrevi que flagrar modelos da Volkswagen é uma tarefa complicada. Porém, não é tão impossível como mostra o flagra do fotógrafo-espião Diogo Dias. Basta, ter paciência, persistência e uma pitada de sorte, predicados que meu colega de labuta tem de sobra. Afinal, ele começou sua carreira correndo atrás de modelos da PSA de bicicleta pelas ruas de Porto Real (RJ).  O esperto Diogo não só flagrou o “novo” Gol 2013 ½ como uma mula de testes do Up! e o charmoso New Beetle.

O modelo ainda ostenta uma pequena venda nos olhos, mas, nota-se que o parte debaixo do para-choque é praticamente a mesma do Fox e a da nossa projeção chegou perto. O capô, para-choque, faróis são novos, assim como as calotas. A traseira do hatch teve mudanças discretas  com novas disposição de luzes das lanternas e tampa traseira redesenhada.

Abaixo os possíveis preços da linha 2013 ½ e de Gol e Voyage.  E acreditem se quiser, mas, internamente o modelo é chamado de Gol G6…

  • Gol 1.0 R$ 27.990
  • Gol 1.6 R$ 31.800
  • Gol 1.6 I-Motion R$ 34.490
  • Gol Power R$ 38.290
  • Gol Power I-Motion R$ 40.890
  • Voyage 1.0 R$ 29.990
  • Voyage 1.6 R$ 34.590
  • Voyage 1.6 I-Motion R$ 37.190
  • Voyage Confortline R$ 40.890
  • Voyage Confortline I-Motion R$ 43.490

Em janeiro de 2011 quando publicamos a projeção do Voyage afirmamos que ele teria a traseira inspirada no novo Jetta. O flagra publicado pela revista  mostra que nossa projeção chegou bem perto.

As mudanças chegam para que o Gol continue fazendo frente ao novo Fiat Uno e o novo Palio. As alterações deixarão o farol com formato em forma de trapézio iguais aos novos modelos da marca (Fox, New Jetta, Passat e por aí vai…). A versão topo de linha do Gol contará com rodas de aro 16.

A versão Rallye, com câmbio manual e  I-Motion, deve chegar um pouco depois, assim como a esperada carroceria de duas portas. Especula-se que essa tática é para que o modelo fique mais tempo nos holofotes da mídia especializada.

BLUEMOTION O Gol com vocação ecológica não será uma versão como no Fox Bluemotion e sim um pacote para o modelo com motor 1.0 com alterações nos amortecedores e calçado com pneus 175/70 R14.

“POLINHO” Assim como na Europa a engenharia da VW no Brasil usa mulas do Polo para o desenvolvimento do Up! nacional. No flagra acima um Polo “encurtado” deixa claro qual é sua verdadeira vocação. Apesar de não haver posição oficial do fabricante alemão quanto a fabricação do modelo no Brasil o Up! está mais que confirmado no Brasil. Nessa semana mesmo já publicamos em primeira mão o registro de patentes do INPI.

A previsão para o lançamento do Up é para meados de 2014. Para isso, a fábrica de Taubaté (SP), que será ampliada com parte do aporte de 8,7 bi que será gasto no Brasil até 2016. Outra parte do investimento deverá ir para a fábrica de motores de São Carlos (SP), onde uma nova ala foi inaugurada em maio, e de onde saem os motores 1.0, 1.4 e 1.6 EA 111 usados nos carros da fabricante atualmente.

O Up não é grande – a porta traseira da versão quatro portas é tão pequena que não é possível descer o vidro –, mas teria espaço no segmento de subcompactos. Peugeot e Citroën apostam no segmento para o Brasil, bem como a Fiat , eterna concorrente da Volks, que fabricará o chamado Citycar em Pernambuco também a partir de 2014. Nossos amigos apontam que já existem unidades do Up em testes no Brasil, e muito em breve eles começarão a aparecer pelas estradas brasileiras.

Outra novidade flagrada por Diogo Dias é o novo Beetle que deve estrear no Brasil até o fim do ano. Por aqui o modelo poderá ser batizado de Fusca como seus antepassados. O nome Fusca só foi oficializado em 1983.

O modelo chegará com motor 2.0 TSI de 200 cv de potência e 28,5 mkgf de torque. Ele chegará ao país entre o final de 2012 e o início de 2013, por um preço que dificílmente será inferior a R$ 75 mil. (Com Henrique Rodriguez)

Fotos | Diogo Dias/Especial para o Autos Segredos

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter