Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

O Honda WR-V será comercializado nas versões EX e EXL sempre equipadas com motor 1.5 e câmbio CVT. De acordo com o apurado por nossa reportagem, os equipamentos de série serão praticamente os mesmos das versões EX e EXL do Fit. Basicamente, o que muda é a oferta em relação aos itens de segurança, a opção EX terá quatro airbags (laterais e frontais) e a EXL terá seis airbags (frontais, laterais e de cortina).

Ainda sem preços oficiais, fontes consultadas apontam que a opção EX terá preço na casa dos R$ 77 mil e a EXL terá valores próximos aos R$ 85 mil.

Externamente, as versões não terão diferenças visuais. No interior, os bancos vêm com detalhes cinzas, exceto os modelos na cor vermelha que terão acabamento em tear laranja. Outra mudança do WR-V EXL para o Fit EXL é o revestimento em couro dos bancos que não será de série no modelo aventureiro.

Áudio

A opção EX terá o mesmo equipamento de som do HR-V, com sistema de áudio com visor LCD de 5 polegadas com funções de áudio AM/FM com CD player CD/MP3/WMA e entrada auxiliar e conexão USB para MP3 players, pen drive e iPod/iPhone/iPad

A versão EXL será equipada com a central multimídia de 7 polegadas com navegador (USB/MicroSD/P2/bluetooth/internet browser – via hotspot).

Tamanho

O WR-V tem 2,55 m de entre-eixos, 4 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,6 m de altura, o WR-V traz medidas compactas que o tornam ágil de condução em grandes centros urbanos. Os 17,9 cm de vão livre do solo e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º.

Irmãos

O WR-V tem a mesma plataforma, carroceria, portas e todo o conjunto mecânico do Fit. O que diferencia WR-V são a traseira e dianteira com desenho exclusivos, além da suspensão elevada, que é exclusiva do modelo.

Motor

O WR-V é equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Com etanol, o propulsor rende 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgfm à 4.800 rpm. O câmbio será o CVT com conversor de torque.

Em contato com a Honda, o fabricante respondeu que as informações sobre versões e preços do WR-V serão reveladas no momento do lançamento, que ocorrerá agora em março.

Fotos | Honda/Divulgação