O lançamento bem-sucedido do New Fiesta fabricado no Brasil pode ter servido de inspiração para a Ford dar passos mais largos no Brasil. Enquanto acerta os últimos detalhes para o lançar no mês que vem a nova geração do Focus no Brasil, a fabricante norte-americana já pensa nas novidades que terá em 2014. A mais importante delas com certeza é ,  mas podem surgir boas surpresas, como o esporttivo Fiesta ST.

A Ford estuda importar para o Brasil o Fiesta ST, um bom concorrente para os franceses  e o já aguardado . Não será uma versão apenas com o visual esportivo, como a homônima vendida aqui até 2007. O novo Fiesta ST é um esportivo de verdade, dotado de motor 1.6 Ecoboost de injeção direta, na calibração usada pelos Focus mais potentes na Europa, com 180cv e 24 kgfm de torque máximo. Acoplado a uma transmissão manual de seis velocidades, este motor leva o Fiesta aos 100 km/h em 6,9 segundos e o faz atingir máxima de 220 km/h.

Outra novidade será o Ford Everest, o SUV derivado da Ranger, antecipado no mês passado por um conceito apresentado na Austrália. Para fazer frente a Chevrolet TrailBlazer e ao Toyota SW4, será importado da Argentina com os mesmos motores da picape com quem compartilha a plataforma: o Duratec 2.5 16v Flex e o Puma TDCi 3.2 20v diesel de 200 cv.

Hoje pertencente à Ford, a cearense Troller trabalha no desenvolvimento de uma nova geração para o jipe T4. Este deverá utilizar o máximo de componentes em comum com a , para baixar os custos de fabricação do modelo. Espera-se, inclusive, que ele use o mesmo motor 3.2 Puma Turbodiesel de 200 cv.

Fonte | ,

Fotos | Ford/Divulgação