Mudanças visuais do Peugeot 2008 2020 se concentram na dianteira. Na traseira nem as lanternas mudaram. Novidades mecânicas são câmbio AT6 atrelado ao motor 1.6 THP
Peugeot 2008 2020
Foto | Itamar Daflon

Ao ligar para as revendas Peugeot para pedir informações sobre o 2008 2020, o vendedor pergunta, qual deles? Por que são dois, o que muda só a frente que chega no fim de maio ou o outro que muda tudo chega em 2020/2021? “O que muda só frente ficou parecendo o 3008”, comenta. Completando, ele diz, hoje a noite (29/4) terá propaganda dele em rede nacional.

Nova geração

A nova geração do 2008 ainda não fez sua estreia, mas, é curioso, a rede já confirmar sua chegada para o mercado brasileiro para 2020/2021. O SUV deixará de ser produzido no Brasil e será fabricado na Argentina ao lado do novo 208.

O que muda no atual?

Enquanto o novo não chega, a marca joga suas fichas na “meia” reestilização do modelo atual. Basicamente, o Peugeot 2008 2020 ganhou nova dianteira. Traseira e interior tiveram retoques.

Na porção dianteira, o Peugeot 2008 2020 teve capô, grade frontal e para-choque foram redesenhados. O capô ficará mais curto e o para-choque será mais avançado. A grade frontal também ficará maior terá elementos em formato colmeia. A reestilização é exclusiva do Brasil e se difere do face lift europeu.

Peugeot 2008 2020
Foto | Itamar Daflon

Suspensão

Pegando carona no C4 Cactus, o 2008 2020 receberá as melhorias na suspensão usadas pelo irmão.

THP AT6

Outra importante novidade mecânica do 2008 2020 será o câmbio automático de seis velocidades que finalmente poderá ser acoplado ao motor 1.6 THP. Ele deverá continuar a ser ofertado somente na versão topo de linha.

Peugeot 2008 2020
Foto | Itamar Daflon

Versões

O Peugeot 2008 2020 deverá ser comercializado nas mesmas versões atuais. Porém, o SUV francês deverá perder as versões manuais, já que elas representaram apenas 2,5% das vendas do modelo no primeiro trimestre do ano.

Motores

O Peugeot 2008 2020 manterá a mesma oferta de motores atuais podendo ser equipado com o propulsor 1.6 FlexStart e 1.6 THP. Ambos os propulsores trabalharão em conjunto com o câmbio automático AT6. Caso a marca opte por manter a opção manual ela será restrita ao motor aspirado.

Siga nossas redes sociais