Conforme publicamos com exclusividade no dia 12 deste mês (leia aqui), a Fiat irá produzir uma picape média no Brasil. A confirmação será dada hoje (23), quando a diretoria da FCA (Fiat-Chrysler) se reune com o presidente da república, Michel Temer, para apresentar um projeto de expansão das operações na fábrica de Goiana (PE), .

Além do anúncio da abertura de novos postos de trabalho e início de um terceiro turno na planta pernambucana, o presidente da FCA no Brasil, Stephen Ketter, e seus executivos também mostrarão o projeto da picape para Temer.

A meta da Fiat é aproveitar o aquecimento da economia e fortalecer sua presença no segmento de utilitários para atingir a capacidade máxima de produção de Goiana, na ordem de 250 mil unidades anuais.

O novo utilitário se posicionará um degrau acima da Toro e concorrerá no segmento de médias, em que já figuram modelos como Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger, Nissan Frontier e Mitsubishi L200. De acordo com nossas fontes, a picape poderia ser derivada da RAM 1500 e equipada com motor turbodiesel 3.0, com potências entre 110 cv e 203 cv, além de opção de tração integral. Mas também não está descartada a possibilidade de escolha pela L200, que na Europa já ganhou emblema Fiat e foi batizada de Fullback.