O veterano Chevrolet Classic, que ostenta o título de sedã mais barato do Brasil, deixará de ser produzido em São José dos Campos (SP) em dezembro de 2013. Mas, isso não quer dizer que ele dará adeus ao mercado nacional, já que ele também é produzido na Argentina. E é de lá que ele passará a vir exclusivamente a partir de 2014. Hoje a importação dependendo do lote e dos opcionais.

Atualmente, o Classic tem preço sugerido no site do fabricante de R$ 26.790, mas, é vendido com o preço promocional de R$ 24.690 o que dá um bônus de R$ 2.100. A versão de entrada é vendida com o pacote R6R que vem de série com banco dianteiro do passageiro com porta-revistas na parte traseira do encosto, desembaçador vidro traseiro,  temporizador e limpador dianteiro, preparação de som, painel de instrumentos com conta-giros,  para-choques na cor do veículo, immobilizer, calotas integrais, ajuste altura cintos dianteiros, protetor de cárter, alarme sonoro de faróis ligados e ar quente.

O segundo pacote  o PDC que ao custo de R$ 1.200 acrescenta ao primeiro a direção hidráulica e o airbag duplo.

Na terceira opção o PCK que é ofertado ao custo der R$ 2.100 ele conta com todos os itens da versão de entrada e acrescenta o ar-condicionado, mas, não tem direção hidráulica nem airbag duplo.

O quarto pacote PDE que custa R$ 3.700 é mais generoso e acrescenta ar-condicionado, direção hidráulica e o airbag duplo em relação ao pacote inicial R6R.

Já o quinto e último pacote o PDA é vendido ao custo de R$ 4.900 e deixa o Classic  completo com ar- condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, freios  ABS, travas elétricas nas 4 portas, levantamento automático dos vidros dianteiros com sistema tipo “um toque” para subida e descida dos vidros elétricos,  dispositivo anti-esmagamento, fechamento automático dos vidros e portas pela chave e  alarme antifurto.

Foto | Chevrolet/Divulgação