A nova criação da Dacia é também uma das poucas atrações do que estão próximas do Brasil. A minivan Lodgy será fabricada em São José dos Pinhais, onde já é chamada pelo codinome J92, com início da produção previsto para meados de 2013. Ela é cotada para tentar recuperar os clientes do Scénic, o que será difícil por ser um low-cost. Mas uma coisa é certa: ela irá substituir o Mégane Grand Tour.

O Dacia Lodgy começa a ser vendido na Europa nas próximas semanas em versões de cinco e sete lugares com preços que partem dos €9,900 euros, o que equivale a R$ 23.000. É uma barganha! . Derivado da plataforma B0 (a mesma de Logan, Sangero e Duster) o Lodgy tem 4,45 de comprimento, 2,81 m de entreeixos, 1,68 de altura e 1,75 de largura ela é maior que boa parte dos concorrentes que irá encarar no Brasil. E ainda por cima é muito bem equipada.Apesar do preço, estão entre os itens de série quatro airbags, controle de estabilidade (ESP), ar-condicionado, vidros elétricos em todas as portas, sistema de áudio integrado ao painel, entre outros. Um novo sistema multimídia é um dos poucos opcionais, e custa 430 euros (R$ 1.000). Se ela vai substituir o Grand Tour, é justo esperar que pelo menos os equipamentos de série na Europa estejam presentes por aqui.

Na Europa, a Dacia Lodgy terá motor turbodiesel 1.5 dCi de 90 ou 105 cv de potência, além de um 1.6 16V a gasolina de 107 cv. No Brasil o Renault Lodgy será equipado com a mesma motorização do Nissan Livina, o motor 1.6 16V com câmbio manual e o 1.8 16v com câmbio automático.

Galeria

(Clique nas imagens para ampliar)

Fotos | Dacia/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter