Nissan New MarchEficiência energética e consequente baixo consumo de combustível são conceitos sólidos no dia-a-dia das grandes empresas, não só das fábricas de automóveis, mas de todas aquelas que dependem de matriz energética não renovável para seu uso ou para funcionamento dos produtos que comercializam. Dentro desse quesito, no Brasil, a japonesa Nissan se destaca com carros que apresentam excelentes consumos médios tanto de gasolina, quanto de etanol em seus modelos flexíveis.

Veículos como o New March, Novo Versa, Sentra e Altima atendem à categoria A de eficiência energética das normas do Programa Brasileiro de Etiquetagem, estabelecido pelo Inmetro. A reboque, poluem pouco. Os dois primeiros, March e Versa, equipados com motorização de 1 litro e três cilindros atingem, abastecidos com etanol, médias urbanas de 8,8 km/l e 8,5 km/l e até 10,3 km/l e 10,4 km/l em circuito rodoviário. Na gasolina a coisa fica melhor ainda: 12,9 km/l para o hatch e 12,6 km/l para o sedã em trecho de cidade e 15,1 km/l e 15,2 km/l na estrada, na mesma ordem. Expressiva redução de consumo, que supera com folga a diferença percentual de custo da gasolina para o combustível vegetal. Até mesmo o sedã grande da marca, o Altima, de motorização 2,5 litros, consome de forma bem comedida: 10,1 km/l na cidade e 13,1 km/l na rodovia. Mérito também do motor inflex, que só bebe gasolina. Todos os valores de consumo são os divulgados pelo Inmetro.

Nissan AltimaA Nissan ainda deu início ao Green Program 2016 (NHG2016), onde traçou um plano de metas visando a redução das emissões nas atividades fabris da companhia e de seus produtos finais. No ano passado a redução foi de 2% nas emissões globais em relação ao ano de 2014, quando expandiu sua produção em 5,1%. Até o ano fiscal 2013 (que terminou em março de 2014), a companhia havia reduzido 15,4% as emissões de CO² em suas atividades corporativas e isso a colocou na liderança do relatório CDP Global 500 Climate Change 2014.

Ainda não falamos do Nissan Leaf, automóvel 100% elétrico que já soma quase 180 mil unidades comercializadas, liderando o mercado mundial nesse segmento.

Nissan LeafFotos| Nissan/Divulgação