A TAC Motors (Tecnologia Automotiva Catarinense) é uma das pouquíssimas empresas legitimamente nacionais do ramo de manufatura de veículos. Nascida e criada em Joinville, em Santa Catarina, a marca anunciou hoje uma guinada radical: a transferência das instalações industriais do sul do país para o Nordeste, mais precisamente para para Sobral, no Ceará.

Segundo a TAC, a decisão tem motivação mercadológica, pois as Regiões Norte e Nordeste seriam as maiores consumidoras do Stark atualmente. Com a mudança, o fabricante espera aumentar a produção do jipe Stark para 60 unidades por mês, volume quatro vezes maior que o atual. Além da versão convencional, será fabricada no Ceará a versão IRV, destinada às forças armadas.

A TAC anuncia investimentos de aproximadamente R$ 200 milhões na nova fábrica, que já começou a ser montada em um galpão às margens da BR-222. As operações etão previstas para começar em julho. A empreitada geraria cerca de 500 empregos diretos e 700 indiretos, já que a empresa pretende atrair os fornecedores de plásticos e resinas atualmente instalados em Santa Catarina.

A mudança de endereço da TAC teve incentivos  fiscais, financiados pelo Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI). Os estados da Bahia e do Amazonas também terias disputado as novas instalações industriais da empresa. O acordo com o Ceará foi assinado no dia 15 de fevereiro, mas só agora a empresa anunciou oficialmente a decisão.

Foto | TAC Motors/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter