No mês passado, fizemos uma matéria com as opções de modelos mais baratos do mercado até R$ 25 mi. Agora, separamos as principais opções de sedãs compactos com preços abaixo dos R$ 30 mil. A ideia é ajudar o consumidor que deseja mais espaço para bagagens e até para ocupantes. O mais amplo da relação, tanto no porta-malas quanto no habitáculo, é o Renault Logan. O Siena EL entrou na lista raspando, já que seu preço sugerido é de R$ 30.330, enquanto o Chevrolet Classic que é a opção mais em conta, com preço sugerido pelo fabricante de R$ 25.640.

Além de ostentar o título de sedã compacto mais barato do Brasil, o Chevrolet Classic 1.0 LS também leva o “troféu” de projeto mais antigo em produção. Sua primeira aparição foi 1996, quando ainda era chamado de Corsa Sedan. Pelas palavras da própria GM, o Classic tem vida garantida no mercado até 2015.

O compacto da Chevrolet é vendido com preço oficial de R$ 25.540 e vem de série apenas com o básico, como o desembaçado elétrico do vidro traseiro, cintos de segurança de três pontos laterais retráteis, maçanetas externas e retrovisores na cor da carroceria e preparação para sistema de som, com fiação elétrica completa, cabo para antena e amplificador de sinal para antena e antena ligada ao para-brisa. Para levar a bagagem da família, o porta-malas do Classic tem capacidade para até 390 litros. Há somente duas opções de cores sólidas: preto e branco summit. As opções metálicas custam R$ 1 mil.

Caso o comprador deseje um pouco mais de conforto e segurança, pode optar por um pacote que sai por R$ 1.200 e acrescenta direção hidráulica e airbag duplo. Curiosamente, o pacote seguinte tem preço sugerido de R$ 2.100, mas inclui apenas o ar-condicionado. Para levar direção hidráulica, ar-condicionado e airbag duplo, o cliente tem que arcar com R$ 3.700 na conta.

Vale lembra que nenhum dos primeiros pacotes contempla vidros e travas elétricas. Esses itens de conveniência só estão disponíveis no último pacote, que é vinculado aos demais e tem preço sugerido de R$ 4.900. Um Classic com ar condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, freios ABS, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos, fechamento automático dos vidros e portas pela chave e alarme antifurto tem preço final de R$ 30.440.

O motor é o 1.0 que rende 77cv de potência e 9,5 kgfm de torque com gasolina e 78 cv e 9.7 mkgf com etanol.

A segunda opção é o Renault Logan Authentique 1.0 16v, que é vendido com preço sugerido de R$ 27.500. O sedã compacto da Renault é o campeão em espaço interno e também na capacidade de carga, pois pode carregar até 510 litros. Em compensação, o sedã também vem de série com o básico do básico. Retrovisores e maçanetas nas cores da carroceria? Nada disso está disponível e de relevante há apenas o desembaçador do vidro traseiro. As cores sólidas são o branco glacier e o vermelho. Pela pintura metálica, o cliente tem que arcar com mais R$ 890 na conta.

No caso do Logan, se o comprador fizer questão de mais itens de conveniência, terá que optar pela versão Expression, que acrescenta vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, comando de abertura das portas por radiofrequência e direção hidráulica, ao custo de R$ 29.800. Se quiser o ar-condicionado, a conta aumenta em R$ 2.620. Nessa versão, é oferecido o pack segurança por R$ 1 mil, mas para adquiri-lo é obrigatória a compra do ar-condicionado e do pack CD, que somam R$ 600 ao valor final do modelo, chegando a R$ 34.020.

Os consumidores interessados no sedã francês devem negociar um belo desconto, já que em outubro chegará ao mercado uma nova geração.

O motor rende 76cv de potência e torque de 9,9kgfm com gasolina e 77cv de potência e torque de 10,1kgfm com etanol.

A terceira opção é do mercado é Ford Fiesta Sedan 1.0, que tem preço sugerido de R$ 29.490 e que, na versão S, vem de série com aquecedor, desembaçador do vidro traseiro, preparação para som, forro lateral do porta-malas, cinto de segurança traseiro retrátil, quatro alto-falantes, espelho de cortesia para o motorista, alças de segurança dianteira e traseira, faróis escurecidos, travas das portas elétricas e vidros elétricos dianteiros. As opções de cores sólidas são branco ártico, vermelho arpoador e preto ebony, sendo que o custo das pinturas metálica e perolizada fica em R$ 925,00 e R$ 1.181, respectivamente. Uma das grandes sacadas do modelo fica por conta dos braços pantográficos da tampa do porta-malas, que não estão presentes nem mesmo no New Fiesta Sedan, dotado do sistema “pescoço de ganso”.

No caso do Fiesta Sedan, se o consumidor quiser direção hidráulica e ar condicionado, o preço sugerido pula para R$ 32.490. Com os equipamentos de segurança (airbag duplo e ABS), o valor chega a R$ 33.490.

Das três opções desta matéria, o Fiesta Sedan é o único que terá sua produção encerrada em 2014. A marca irá lançar a nova geração do Ka, que terá o inédito modelo sedã. Portanto, se ainda assim o modelo for escolhido para figurar em sua garagem, pechinche um belo desconto.

O motor rende 68,8cv de potência e torque de 8,9kgfm quando abastecido com gasolina e 72,7cv de potência e torque de 9,3kgfm quando abastecido com etanol.

A quarta opção é o Fiat Siena EL, que ostenta o segundo projeto mais antigo entre as opções até R$ 30 mil. O modelo foi lançado em 1997 e, desde então, passou por quatro alterações visuais, sendo que a mais significativa aconteceu em 2007.

O Siena é a opção mais cara da lista, com preço sugerido de R$ 30.330. Entretanto, é o único modelo que entrega de série airbag duplo. Por esse valor, o cliente ainda leva computador de bordo, desembaçador do vidro traseiro e outros itens pormenores.  As cores sólidas disponíveis são azul búzios, branco banchisa, preto vulcano e vermelho alpine. A pintura metálica acrescenta R$ 1.088 à conta.

Caso o comprador queira um Siena com mais conforto, há o kit celebration 1, que acrescenta vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, ar-condicionado, maçanetas e retrovisores na cor do veículo, para-brisa degrade, direção hidráulica e revestimento interno na coluna central das portas, pelo custo de R$ 3.931. O Siena ainda pode contar com freios ABS, por R$ 600. Para levar o Siena completo, o cliente pagaria R$ 34.861. O Modelo deve continuar firme pelos próximos dois ou três anos, até a marca desenvolver um substituto para a categoria de entrada.

O motor rende 73cv de potência e torque de 9,5kgfm com gasolina e 75cv de potência e torque de 9,9kgfm com etanol.

Fotos | Chevrolet/Divulgação, Renault/Divulgação, Ford/Divulgação e Fiat/Divulgação
Fontes | Sites fabricantes