Como publicamos no dia 19 de agosto, Renegade 2019 terá frente do Trailhawk europeu.  Para-choques das versões diesel e flex serão idênticos na linha reestilizada do SUV
Renegade 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Na reestilização do Jeep Renegade 2019 o SUV terá o para-choque da versão Trailhawk européia. A mudança visual também servirá para padronizar os para-choques das versões diesel e flex. Além da redução de custos com as peças iguais, as versões flex terão melhor ângulo de ataque. Modelo deve ser lançado nesse mês com vendas começando em novembro.

Renegade 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Mudou?

Na Europa, com exceção da versão Trailhawk as demais opções tem o para-choque mais encorpado e com as luzes diurnas instaladas nas extremidades. Já os faróis auxiliares ficam alojados mais ao centro. Já a opção Trailhawk tem a parte inferior do para-choque diferente. Os faróis auxiliares estão instalados nas extremidades e as luzes diurnas são menores ficando posicionadas pouco abaixo dos faróis principais. O Renegade 2019 terá exatamente esse o visual.

Renegade 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Interior

No interior, o Jeep Renegade 2019 ganhou novo console central e novos porta-objetos. Para os passageiros do banco traseiro há um nova posição de porta USB. Mas, a principal novidade no interior do SUV é nova central multimídia Uconnect que estará disponível com telas de 5, 7 e 8,4 polegadas. Sensíveis ao toque, todas elas tem sistemas Google Android Auto e Apple Car Play. O sistema conta ainda com GPS, câmera de ré, Bluetooth e a função Jeep Skills. Um aplicativo para uso no off-road que informa detalhes da condução.

Renegade 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Motores

O Jeep Renegade 2019 manterá os mesmos motores 1.8 flex e 2.0 diesel atuais. O propulsor 1.8 E.torQ Flex rende 135 cv de potência com gasolina a 5.750 rpm e 18,8 kgfm de torque a 3.750 rpm. Com etanol, os números sobem para 139 cv a 5.750 rpm e 19,3 kgfm a 3.750 rpm. Nesta opção o SUV, conta com o câmbio manual de cinco velocidades e o automático de seis posições.

Já o propulsor 2.0 Diesel rende potência de 170 cv a 3.750 rpm, 35,7 kgfm de torque máximo a 1.750 rpm. No caso do motor diesel, o câmbio é sempre o automático de nove velocidades.

Siga nossas redes sociais