A Geely é uma empresa que ensaia entrar no Brasil há muito tempo, mas sem obter sucesso. Após uma série de tentativas, a empresa firmou parceria com o Grupo Gandini, importador da Kia (veja ), e prepara o terreno para enfim desembarcar no país. A data prevista para o início das operações no país é novembro de 2013. Para mostrar que agora é para valar, a marca anunciou que já está formando a rede autorizada, com 15 concessionárias confirmadas até o momento.

O primeiro automóvel que a Geely venderá no Brasil será o sedã EC7, com motor 1.8 de 138 cv de potência e câmbio CVT. O modelo virá equipado com ar condicionado, direção hidráulica, bancos revestidos em couro, airbags frontais e freios ABS.

Posteriormente, no primeiro semestre de 2014, será a vez do compacto GC dar as caras por aqui. Com proposta popular, o segundo produto da empresa chinesa a entrar em solo nacional tem motor 1.0 de 68 cv, mas não deixa de fora equipamentos como ar condicionado, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, airbags frontais e freios ABS.

A Geely confirmou presença na 23ª edição do Congresso Fenabrave, marcado para os dias 7, 8 e 9 de agosto em São Paulo. Durante o evento, a marca poderá revelar mais detalhes sobre os produtos que serão vendidos no Brasil. Aguardemos.

Fotos: Geely/Divulgação