O mesmo modelo que um dia foi substituido pelo Focus renasce no outro lado do mundo, posicionado acima do Focus. Se trata do Ford Escort, que está sendo apresentado em versão de produção no , como exclusividade para o mercado Chinês. Lá ele será uma opção intermediária entre o Focus e o Mondeo.

Parte dos planos da Ford de lançar 15 novos modelos na China nos próximos anos, o Escort tem a intençã de agradar os chineses que preferem carros com desenho elegante sem ser opulento, nem arrogante, nem pretensioso, características dadas ao Focus. Ainda assim será mais caro, custando a partir de 120.000 Yuan, algo como R$ 43 mil.

Legal é que ele realmente tem traços que remetem ao último Escort. Mesmo que ele não seja um notchback, com o vidro traseiro levantando junto com a tampa do porta-malas, as janelas laterais e volumes que remetem ao modelo original. O interior tem formas simples, mas revela bom acabamento, com direito a revestimento de couro no painel.

O novo Ford Escort será fabricado na China pela joint-venture Chang’an-Ford e será oferecido com motor 1.5 Sigma em versão naturalmente aspirada e em versão com turbocompressor. Em um mercado diversificado, terá como concorrentes modelos exclusivos para a China, como o Kia K4, o e o , além do e do Sagitar (Jetta).

Fotos | Ford/Divulgação