Marca prepara para 2020 o primeiro retoque visual da Fiat Toro. Motores 1.8 e 2.4 Flex e o 2.0 diesel serão mantidos. Reestilização será restrita as partes móveis como para-choque e faróis
Fiat Toro Volcano 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos – Na reestilização picape manterá o conjunto ótico duplo

Lançada em 2016, a marca italiana trabalha na primeira mudança visual da Fiat Toro. O retoque será restrito as partes móveis como para-choques e faróis. Além do retoque visual, a picape deverá ganhar câmbio manual de cinco velocidades associado ao motor 1.8 E.torQ. A estreia será em 2020 e marcará a chegada da linha 2021 da Fiat Toro.

Projeto 2260 MCA

Internamente, a reestilização é chamada de Projeto 2260 MCA (Middle Cycle Action). Nessa primeira fase, os trabalhos são realizados internamente. Os primeiros protótipos da Fiat Toro reestilizada ganharão as ruas no próximo ano.

Mudança

Na reestilização, a Fiat Toro manterá o conjunto ótico duplo, porém, as luzes de condução diurna ficarão maiores. O para-choque dianteiro também será redesenhado ganhando nova grade frontal e entradas de ar. Na traseira, as lanternas manterão o mesmo formato ganhando somente novo desenho interno.

No interior, a mudança mais esperada será central multimídia com tela maior que a atual de 5,5″. Novas forrações de banco e painéis de porta farão parte das novidades.

Motor

A marca manterá os motores 1.8 E.torQ Flex, 2.4 Tigershark Flex e o 2.0 Turbodiesel.A novidade será a adoção do câmbio manual de cinco velocidades associado ao motor 1.8 Flex. A transmissão automática de seis velocidades será mantida.

O propulsor rende potência de 135 cv a 5.750 rpm e torque de 18,8 kgfm a 3.750 com gasolina no tanque. Com etanol, a potência é de 139 cv a 5.750 rpm e torque de 19,3 kgfm a 3.750 rpm.

O motor 2.4 Flex rende 174 cv de potência e torque de 23,5 kgfm quando abastecido com gasolina, com etanol a potência pula para 186 cv e o torque vai a 24,9 kgfm. O câmbio é o AT9 e a tração 4×2 será mantida.

O motor 2.0 a diesel, tem quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta de combustível e turbocompressor de geometria variável. Ele rende 170 cv de potência a 3.750 rpm e 35,7 kgfm de torque a 1.750 rpm. A transmissão é automática de nove velocidades e a tração é 4×4.

Siga nossas redes sociais

  • Acompanhe o Autos Segredos no Instagram
  • Curta nossa fanpage no Facebook
  • Confira o canal do Autos Segredos no YouTube