Derivado do Projeto LJC, o Renault Arkana será construído a partir da plataforma B0
Renault Arkana
Foto | Renault/Divulgação

O Renault Arkana tem suas primeiras imagens reveladas no Salão de Moscou. O SUV Coupé será fabricado em São José dos Pinhais (PR), em 2020. O Arkana será construído a partir da plataforma B0 já usada por Duster, Oroch e Captur. Ele será responsável pela estreia novo motor 1.3 Turbo.

Renault Arkana

Foto | Renault/Divulgação

Linhas

Concorrente do Compass, o Renault Arkana tem frente em dia com a nova identidade da marca. Os faróis são estreitos e contam assinatura de LED em forma de “C”. O conjunto ótico faz jogo com a grade filetada que abriga no centro o losango da marca.

De lado, o modelo tem a linha de cintura alta e a caída característica um modelo coupé a partir da coluna “C”.

Renault Arkana
Foto | Renault/Divulgação

Na traseira a tampa do porta-malas lembra a de um modelo noteback. As lanternas invadem a tampa traseira com uma enorme régua iluminada unindo os conjuntos de luzes. A placa de identificação fica instalada no para-choque.

Renault Arkana
Foto | Renault/Divulgação

Base de Duster

Assim com o Captur, o Projeto LJC usará a base B0 do Duster. Aliás, a nova geração do Duster chamada de Projeto HJD manteve a arquitetura B0. O SUV com ares de coupé deverá ser posicionado acima do Captur. O novo modelo também deverá marca a estreia do novo motor 1.3 turbo, antecipado pelo Autos Segredos em julho de 2017.

Renault Arkana
Foto | Renault/Divulgação

Motor

O novo motor 1.3 Energey TCe turbo será o responsável por aposentar o veterano e defasado motor 2.0 usado atualmente por Duster, Oroch e Captur. O propulsor será flex e terá injeção direta de combustível sendo capaz de gerar potência de 170 cv com etanol. O torque deverá ficar acima dos 25 kgfm.

Brasil

No começo deste mês nossa reportagem avistou o desembarque dos primeiros protótipos do Renault Arkana desembarcando no Brasil. Por aqui, ele ainda é chamado de Projeto LJC.

Siga nossas redes sociais

·        
·        
·