O Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake 4MATIC não é a primeira perua esportiva da Mercedes, mas talvez seja uma das mais versáteis. Tem porta-malas com capacidade de 590 até 1.550 litros e um motor V8 Biturbo que o leva aos 100 km/h em 3,8 s, melhor que muito superesportivo. A perua chega agora ao Brasil custando US$ 251.900, equivalente a R$ 600 mil.

Assim como o CLS 63 AMG, a perua conta com o motor 5,5 litros V8 com 557 cv e transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT com sete marchas que enviar toda a força para a tração integral 4MATIC. O desempenho é melhor que o de muitos superesportivos, com máxima de 280 km/h e 0 a 100 em 3,8 s – nada mal para um carro com mais de 2 toneladas. A suspensão esportiva AMG RIDE CONTROL faz o carro ser confortável e estável a qualquer velocidade, assim como o controle de estabilidade com três estágios.

Apesar do caimento do teto, o interior e o compartimento de bagagem tem capacidade de 590 até 1.550 litros. Há ainda uma vasta relação de opcionais oferecidos pelo AMG Performance Studio, que permitem personalizar a nova station,  a AMG oferece um item único: o assoalho em madeira designo do compartimento de bagagem, com acabamento semelhante ao de iates de luxo.

Bancos esportivos AMG em couro com função de memória, acabamento AMG em Black Piano e o relógio analógico exclusivo da AMG com design da IWC fazem parte do pacote. O motorista é mantido totalmente informado pelo conjunto de instrumentos AMG, com um menu principal que inclui cronometragem RACETIMER e a tela AMG start-up.

Fotos | Mercedes-Benz/Divulgação