Ford Edge ST passa a ser importado na versão esportiva com motor V6 biturbo Ecoboost de maiores potência e torque. Segurança aumenta com novos equipamentos. Leia as impressões
Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

Por Paulo Eduardo (*)
De Tatuí (SP)

O SUV da Ford passa a ser vendido no Brasil na versão ST. Anteriormente, o SUV de origem canadense vinha na versão Titanium equipada com motor 3.5 V6 aspirado. A partir de agora será vendido somente na versão esportiva com motor 2.7 V6, a gasolina, Ecoboost biturbo de 335 cv de potência e torque absurdo de 54,4 kgfm. A potência do motor 3.5 V6 aspirado é de 284 cv de potência e 34,5 kgfm de torque. Consumo aferido pelo Inmetro é de 7,3 km/l na cidade e de 9,4 km/l na estrada.

Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

Tamanho

Além disso, a esportividade desse grandalhão com amplo espaço interno – 4,83 metros de comprimento, 1,70 m de altura, 1,90 m de largura e 2,85 m de distância entre-eixos – é realçada com nova calibragem das molas, 10% mais rígidas na dianteira e 20% na traseira. A barra estabilizadora dianteira tubular foi substituída por uma mais rígida. Ford declara aceleração até 100 km/h em 6,2 segundos e 209 km/h de velocidade máxima contra 196 km/h de máxima e 8 segundos na aceleração até 100 km/h da versão Titanium. Tração é 4×4 sob demanda. A traseira somente entra em ação em caso de necessidade. Motor, suspensão, direção e desempenho são bem diferentes na ST em relação à Titanium.

Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

Escorregada

Para-brisa e vidros laterais laminados dão mais conforto acústico. Impressionam as rodas grandes na cor preta de 21 polegadas com pneus 265/40 com apenas 10,6 centímetros de altura de borracha. Mesmo assim a calibragem esportiva da suspensão é confortável em piso irregular. O que destoa do bom acabamento interno são as pontas de parafusos aparentes na dobradiça central das portas. É possível fazer melhor em um carro que custa R$ 299 mil.

Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

Câmbio

A transmissão automática de oito velocidades, desenvolvida pela Ford, com conversor de torque, troca rápido as marchas selecionadas por meio de comando rotativo no console central. No modo esportivo, as marchas são trocadas em rotações mais elevadas. Trocas são suaves. O porta-malas de 602 litros pode ser aberto e fechado automaticamente passando-se o pé sob o para-choque. Há comando de fechamento automático também na tampa. Passageiros do banco traseiro têm à disposição dois monitores de oito polegadas colocados na parte de trás dos apoios de cabeça dos bancos dianteiros, que são aquecidos e refrigerados. Os traseiros são aquecidos. Som Bang&Olufsen com 12 alto-falantes.

Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

É bem seguro

Segurança é destaque nesta versão do Edge com faróis de LED. O facho alto passa para o baixo quando é detectado veículo em sentido contrário. Há ainda alerta de permanência na faixa; alerta de colisão com frenagem automática em caso de colisão iminente com auxiliar de manobra evasiva. Se o volante não for virado o suficiente para evitar a colisão, o sistema interfere e aumenta o ângulo de viragem. O Edge conta também com alerta de ponto cego juntamente com alerta de tráfego cruzado, muito comum na saída de estacionamento. Estacionamento automático e câmera de ré. Há controle automático de velocidade com parada e arrancada imediata. Além dos tradicionais controles de tração e estabilidade. São oito airbags, incluindo de joelho para motorista e passageiro.

Concorrentes

O Edge pesa 2.116 quilos e a garantia é de três anos sem limite de quilometragem. São muitos os itens de conforto e conveniência como convém a um veículo nesta faixa de preço, incluindo o teto solar panorâmico. A Ford aponta como concorrentes o BMW X3, Mercedes GLC, Audi Q5, Jaguar F-Pace e Jeep Grand Cherokee.

Ford Edge ST
Foto | Ford/Divulgação

Preços de revisão

Confira os valores das três primeiras revisões do Edge ST:

  • 10 mil km ou 12 meses: R$ 799
  • 20 mil km ou 24 meses: R$ 999
  • 30 mil km ou 36 meses: R$ 1.099

Cores

O Ford Edge ST é ofertado nas cores Prata Dublin e Preto Vesúvio (metálicas), Vermelho Vermont, Cinza Moscou, Azul Topázio e Branco Sibéria (Perolizadas).

(*) O jornalista viajou à convite da Ford do Brasil.

Ficha técnica Edge ST

Motor
Dianteiro, transversal, V6, 2.7, 24 válvulas, comando duplo, biturbo, injeção direta, gasolina, potência 335 cv a 5.000 rpm 54,4 kgfm a 3.000 rpm

Câmbio
Automático de 8 velocidades e tração integral

Direção
Elétrica

Suspensão
Independente McPherson (dianteira) e Multilink (traseira)

Freios
Discos ventilados (dianteiro) e discos sólidos (traseiro)

Rodas e pneus
De 21 polegadas de liga leve / 265/40

Dimensões
Comprimento, 4,79 metros; largura: 1,93 m; altura: 1,73 m; entre-eixos: 2,85 m

Tanque de combustível
70 litros

Porta-malas
602 litros (fabricante)

Peso (ordem de marcha)
2.031 kg

Siga nossas redes sociais