A está lançando a linha 2013 do Ducato. As novidades estão no motor 2.3 MultiJet Economy, agora adequado às normas do Proconve L6, o que o deixou mais forte e econômico. Este mesmo motor equipará em breve o TAC Stark, que já foi flagrado em testes por um leitor. Enquanto isso a engenharia da marca continua os testes da nova geração da Ducato enquanto não se decide  se a produção continua no Brasil ou  migra para o México.

O torque do motor aumentou 6%, enquanto o consumo de combustível foi reduzido em até 8%. Nova calibração melhorou o desempenho nas acelerações e retomadas. Os 127 cv de potência a 3.600 rpm foram mantidos, mas o torque aumentou de 30,7 Kgfm para 32,6 kgfm a 1.800 rpm.

Mas não bastou nova calibração. Na linha 2013 o motor passou a contar com o sistema EGR (Recirculação dos Gases de Escape) para redução da emissão de NOx, o filtro catalisador tipo DOC (catalisador de oxidação de diesel) e o filtro de gases de escapamento DPF (filtro de partículas de diesel) para menor emissão de material particulado, obtendo eficiência de até 99%, e abre mão da necessidade de adição do ARLA 32 (Agente Redutor Líquido Automotivo), comercializado em postos e concessionárias.

Preços da gama Fiat Ducato 2013:

  • Ducato Cargo 7,5m³ – R$ 76.380
  • Ducato Cargo L 9,0m³ – R$ 80.770
  • Ducato Maxi Cargo 10m³ – R$ 84.590
  • Ducato Maxi Cargo 12 m³ – R$ 86.820
  • Ducato Minibus Teto Baixo – R$ 93.090
  • Ducato Minibus Teto Alto – R$ 99.950
  • Ducato Multi – R$ 86.300

Fotos | Fiat