Ka Freestyle segue receita tradicional os modelos aventureiros com rack no teto e apliques de plástico na carroceria. Bem equipada, padece de vigor pela motorização de baixa potência
Ka Freestyle 1.0
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Por Paulo Eduardo

Versão aventureira do hatch compacto, o Ka Freestyle que segue a receita tradicional no visual com barras paralelas (bagageiro) no teto, apliques de plástico em toda a extensão da carroceria e suspensão elevada em 2,4 centímetros em comparação com as outras versões. O Ka é o terceiro carro mais vendido no mercado brasileiro. Recebeu reforços estruturais depois do vexame no teste de impacto de proteção a adultos, quando tirou nota zero. No último teste, evoluiu e obteve três estrelas na proteção aos adultos e quatro na de criança, de cinco possíveis.

Ka Freestyle 1.0
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Está equipado com airbags frontais, obrigatórios por lei. A versão Freestyle com motorização 1.5 conta com airbags laterais. Se na segurança passiva (que minimiza as consequências de acidente) fica devendo, na ativa (que pode evitar acidente) traz controles de tração e de estabilidade, além do assistente de partida em rampa, que não deixa o carro recuar em aclives.

Ka Freestyle 1.0
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

O visual externo do Ka Freestyle agrada pelo equilíbrio dos adereços. Internamente, acabamento razoável para a categoria. Plásticos de forração de porta não aparentam bom aspecto. Sobre o painel central há um aplique de plástico marrom, que divide opiniões. Quadro de instrumentos de leitura fácil; tela de sete polegadas da central multimídia no centro do painel. Não há navegação nativa. Sistema multimídia é o Sync 2.5, compatível com Android Auto e Apple Car Play.

Ka Freestyle
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Forrações agradam

Bancos são forrados com couro sintético nas laterais e tecido nas partes centrais. Assentos apoiam bem as pernas, espuma tem boa densidade e assentos e encostos são firmes. Boa solução são os tapetes de borracha, do tipo bandeja, que evitam da sujeira cair no carpete. Porta-malas também tem tapete de borracha, tornando mais prático o uso do carro.

Boa ergonomia. Os senões são a posição do comando do retrovisor, pois é preciso desencostar para acioná-lo. Acesso ao banco traseiro também requer abaixar um pouco. E, por último, pedal da embreagem afastado força a musculatura da perna no acionamento. Volante tem boa pega e agrupa comandos de áudio e fone, mas coluna tem apenas regulagem de altura. Porta-malas tem aproveitamento vertical, que é ruim pelo empilhamento de bagagem. E pode ser aberto por meio de comando no painel ou na chave. Faróis iluminam bem, mas facho baixo deveria ter um pouco mais de alcance. Lavador/limpador cumprem bem as funções.

Suspensão é bem calibrada

Apesar da suspensão elevada, o Ka Freestyle tem bom comportamento dinâmico com inclinação moderada da carroceria em curva. Calibragem da suspensão bem equilibrada entre conforto e estabilidade, apesar de ser um pouco dura sobre piso irregular. Há reforços no eixo traseiro, que está 30% mais rígido, e bitola aumentada em três centímetros. Além da barra estabilizadora maior.

Câmbio tem engates duros e secos, mas curso da alavanca é curto e está muito bem posicionada. Mão do motorista cai naturalmente sobre ela. Direção leve em manobras, firme em alta. Não transmite sensação de aderência, mas ponto central está bem definido. Freios param bem o carro em frenagem de emergência.

Desempenho é limitado

Incomoda muito o desempenho limitado pelo peso (1.081 kg) dessa versão. Abastecido com gasolina, são 13,5 kg/cv. Se as acelerações não empolgam, as retomadas (ultrapassagens) são ainda mais lentas. Aconselhável desligar o ar-condicionado antes de ultrapassar para que seja feita com segurança. A sensação é a de que o carro está com freio de estacionamento acionado. Por isso, o uso da FreeStyle 1.0 é mais apropriado na cidade. Apesar de aventureiro, é difícil transpor estrada de terra enlameada na subida onde o controle de tração tira potência do motor para a roda não deslizar. Falta força (torque) nessa hora.

Saiba mais:
Confira nossa avaliação do Fiat Argo Trekking.

Se o desempenho é limitado, o consumo de gasolina é muito baixo na estrada respeitando-se os limites previstos em lei. Computador registrou 16 km/l com motorista e passageiro e ar-condicionado ligado. Na cidade, depende muito da topografia e variou de 7 km/l a 9 km/l de gasolina. Com álcool, são cinco cavalos a mais potência e 0,5 kgfm de torque a mais, o que melhora um pouco o desempenho.

Quanto custa o Ka Freestyle?

Ford Ka Freestyle tem preço sugerido de R$ 56.690 e garantia de três anos. Versão bem equipada com muitos itens de conforto, conveniência, apesar da ausência da câmera de ré, e segurança.

Ficha técnica Ka Freestyle 1.0

Motor
De três cilindros em linha, 997cm³ de cilindrada, flex, de 85 cv (etanol)/80 cv (gasolina) de potências máximas a 6.000 rpm e torques máximos de 10,7 kgfm (e) a 4.500 rpm e 10,2 kgfm (g) a 3.500 rpm

Transmissão
Tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas

Direção
Tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica; diâmetro de giro, 10 metros

Freios
Disco ventilado na dianteira e a tambor na traseira

Suspensão
Dianteira, do tipo McPherson, com barra estabilizadora; traseira, eixo autoestabilizante; altura do solo, 18,8 centímetros

Ka Freestyle
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Rodas/pneus
6×15” em aço (liga leve)/185/60R15

Peso
1.081 kg

Carga útil (passageiros+ bagagem)
379 kg

Dimensões (metro)
Comprimento, 3,954; largura, 1,695; altura, 1,564; distância entre-eixos, 2,49

Ka Freestyle 1.0
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Capacidades (litros)
Porta-malas, 257; tanque, 51,6

Desempenho
Aceleração até 100 km/h, 15,1 segundos (etnaol)/ 15,6 s (gasolina); velocidade máxima, 165 km/h (e/g)

Consumo (km/l)
Cidade, 9,1 (etanol)/13 (gasolina); estrada, 10,4 (e)/15,1 (g)

Siga nossas redes sociais

  • Acompanhe o Autos Segredos no Instagram
  • Acompanhe o Marlos Ney Vidal no Instagram
  • Curta nossa fanpage no Facebook
  • Confira o canal do Autos Segredos no YouTube