Chevrolet Tracker Premier passa a ser equipado com controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, alerta de colisão e saída de faixa. Preço passa dos R$ 100 mil 
Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Por Paulo Eduardo

O SUV compacto da GM é o mais vendido da marca no país. O Chevrolet Tracker Premier tem linhas limpas, laterais musculosas, grade grande com a gravata dourada separando-a do capô. Faróis mais estreitos e compridos. Lanternas grandes reforçam o estilo parrudo, e aplique de plástico preto sob o para-choque dá sensação de traseira mais elevada. Há aplique de plástico em toda a carroceria, incluindo laterais e caixas de rodas. Linha de cintura ascendente no sentido da traseira dá dinamismo ao conjunto. Frente em cunha lembra monovolume. Além disso, posição de dirigir mais recuada e largura superior do painel central maior, porque o conjunto motor/transmissão invade o habitáculo, são características de carroceria monovolume. Ainda assim é um SUV.

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Interior bem cuidado

Internamente percebe-se o zelo com o acabamento, apesar de não haver material emborrachado nem no painel central nem nas forrações de porta. Há apenas apliques de couro sintético em parte do painel central e forração de porta. Encaixes e arremates são benfeitos e sem rebarbas. Forração em couro sintético (napa) dos bancos bem ajustada também. A derrapada são as pontas aparentes de parafuso na dobradiça central que liga as portas à carroceria. Carro nesta faixa de preço merece cuidado nos detalhes. Encosto do banco traseiro é rebatível e fracionado (1/3 e 2/3), mas a operação não é prática, pois é preciso rebater também o assento. Porta-malas bem dimensionado em formato de caixa facilita a arrumação.

Espaço interno

Espaço é bom para quatro ocupantes. O do meio no banco traseiro somente em carona curta ou criança. Há cintos retráteis de três pontos para todos e também apoios de cabeça. Entrar e sair do habitáculo não exige contorcionismo. Quadro de instrumentos tem leitura imediata, mas falta o indicador de temperatura do motor substituído por luz espia. Volante agrupa comandos de som, telefone e controle de velocidade e tem boa pega. O senão em ergonomia é o revestimento liso do volante que contribui para o deslizamento das mãos. Coluna de direção tem regulagens de altura e distância. Na parte central do painel fica a grande tela tátil do sistema multimídia.

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Há muitos porta-objetos no habitáculo do Chevrolet Tracker Premier. Restante dos comandos está bem localizado, como o do farol, que tem regulagem elétrica de altura do facho para evitar ofuscar outros veículos quando o carro está com carga máxima. Lavador espalha bem a mistura xampu/água em spray no para-brisa e vidro traseiro e palhetas de qualidade varrem área sem obstruir a visibilidade. Retrovisores externos bem dimensionados compensam a coluna C (traseira) larga. Nas manobras, câmera de ré visualiza bem o contexto. Nesta versão mais sofisticada airbags laterais e de cortina, que aumentam a segurança passiva, são opcionais juntamente com alertas de colisão frontal e saída de faixa.

Andando

Em movimento, o Chevrolet Tracker Premier convence com seus mais de 1.400 quilos de peso total. Motorista encontra logo a posição de dirigir e a regulagem lombar elétrica minimiza fadiga ao volante. Motor 1.4 turbo flex acoplado ao câmbio automático de seis marchas dá respostas convincentes em acelerações e retomadas tornando ultrapassagem mais segura. As trocas de marchas são suaves. Podem-se trocar as marchas manualmente por meio de teclas na parte superior da alavanca de câmbio. Não é prático, mas acostuma-se. Falta um pouco de elasticidade ao motor, que não é econômico. Computador de bordo registrou média de consumo de gasolina inferior a 7 km/l na cidade e de 11 km/l na estrada com ar ligado e quatro ocupantes. Chama atenção o nível baixo de ruídos internos sobre piso irregular, que são abafados e sem incômodo a bordo.

Direção

Direção leve em manobras carece de mais sensibilidade em alta. Diâmetro de giro grande exige manobrar mais em espaço apertado, pois o carro vira pouco. Suspensão está bem calibrada mesmo sobre pisos irregulares. Rodar do Chevrolet Tracker Premier é confortável. Há equilíbrio entre conforto e comportamento dinâmico. Apesar dos pneus de perfil baixo (55), a altura de borracha é de 11,8 centímetros. Por isso há filtra mais as imperfeições do solo. Não há inclinação significativa da carroceria nas curvas. A boa altura do solo (16,2 centímetros) indica facilidade para trafegar em piso irregular nos centros urbanos sem esbarrar a parte inferior, exceto a frente em saída de garagem. Freios bem dimensionados dão segurança.

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Siga nossas redes sociais

Conveniência

O Chevrolet Tracker Premier é um ótimo carro e vem com muitos itens de conforto, conveniência e segurança. Entre eles, destaque para entrar no carro apenas tocando a maçaneta, com a chave no bolso, partida sem chave e teto solar com acionamento elétrico de série. O sistema de telemática OnStar, por exemplo, que é gratuito durante algum tempo, permite acesso a diversos serviços de segurança, emergência, diagnóstico, navegação e conectividade. O preço sugerido da versão Premier é de R$ 98.790 e os opcionais – sistemas de alerta de mudança de faixa e colisão com o carro da frente, e airbags dianteiros laterais e de cortina – custam R$ 3.200, totalizando R$ 101.900 sem pintura metálica. Garantia é de três anos. Preço não é baixo, mas ou os carros estão muitos caros ou o poder aquisitivo dos consumidores vem caindo.

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Ficha técnica Chevrolet Tracker Premier

Motor
De quatro cilindros em linha, 1.4 turbo, flex, de 153cv (álcool) de potência máxima a 5.200 rpm e 150 cv (gasolina) a 5.600 rpm e torques máximos de 24,5 kgfm (a) a 2.000 rpm e 24 kgfm (g) a 2.100 rpm

Transmissão
Tração dianteira e câmbio automático de seis marchas

Direção
Tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica; diâmetro de giro, 11,6 metros

Freios
Disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira

Suspensão
Dianteira, independente, do tipo McPherson, com barra estabilizadora; traseira, eixo de torção

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Rodas/pneus
7×18”de liga leve /215/55R18

Peso (kg)
1.413

Carga útil (passageiros+ bagagem)
416 quilos

Dimensões (metro)
Comprimento, 4,25; largura, 1,77; altura, 1,68; distância entre-eixos, 2,55

Chevrolet Tracker Premier
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Capacidades (litros)
Porta-malas, 306; tanque, 53; altura do solo, 16,2 centímetros

Desempenho
Velocidade máxima, não divulgada; aceleração até 100 km/h, 9,4 segundos

Consumo (km/l)
Urbano, 7,3 (a) e 10,6 (g); estrada, 8,2 (a) e 11,7 (g)